A MANGO USA UMA COMUNIDADE DIGITAL PARA ENVOLVER OS SEUS CLIENTES NAS DECISÕES DA EMPRESA

Na Mango Innovation Community os clientes e os consumidores fazem parte de um espaço de interação, partilha e diálogo, que cria um vínculo mais sólido e direto com a marca.

Com esta iniciativa, de alcance internacional, a Mango dá mais um passo na sua estratégia de Customer Centric.

A Mango dá início a uma comunidade digital que tem por objetivo conhecer, em primeira mão, as necessidades, opiniões e expectativas dos clientes para assim adaptar os seus produtos e estratégias de negócio à realidade posterior ao coronavírus.  

A Mango Innovation Community permitirá à empresa conectar e interagir de forma dinâmica e direta com os membros da sua comunidade no que diz respeito a temáticas tão variadas como a marca, o design do produto, o papel das lojas ou a experiência on-line, além de outros assuntos de interesse geral como a moda, a sociedade ou as novas tendências de consumo.

Com esta iniciativa, a Mango pretende antecipar-se às necessidades dos seus clientes, compreender as suas expectativas, a sua perceção da marca e ter em conta o seu feedback na tomada de decisões. Isto permitirá à marca criar iniciativas e serviços pioneiros e inovadores alinhados com a visão dos seus clientes e que respondam às suas novas necessidades.

Para poder fazer parte desta comunidade, o cliente apenas tem de entrar no microsite mnginnovation.com, disponível em espanhol, inglês e francês, e preencher um breve formulário. Depois de se inscrever, poderá participar nos fóruns que lhe despertem mais interesse.

Os membros da Mango Innovation Community participarão em estudos regulares como breves questionários, entrevistas detalhadas ou sessões de criação em parceria, em função dos assuntos a trabalhar, fomentadas pela equipa de Inovação da Mango.

Com esta comunidade digital, a Mango adota um novo canal de comunicação bidirecional com os clientes, através do qual, para além de receber opiniões, informará os seus membros sobre as descobertas que se realizem, os resultados obtidos nas investigações bem como outros temas que possam ser do seu interesse.

Através desta comunidade de alcance internacional, a Mango dá mais um passo na sua estratégia de Customer Centric, cujo propósito é colocar o cliente no centro de todas as decisões.

A digitalização da Mango

A Mango lançou o seu e-commerce no ano 2000 sendo uma das primeiras marcas do setor retail a fazê-lo. Após 20 anos, as vendas deste canal significam cerca de 24% da faturação total do grupo, alcançando os 564 milhões de euros em 2019. Esta cifra significa um aumento de 26,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A empresa, que no início do ano estabeleceu como objetivo que as vendas do canal on-line representassem 30% da faturação em 2020, prevê superar este valor dado o bom desempenho que o e-commerce está a ter. 

Todas as fotos publicadas em press.mango.com poderão ser usadas apenas para fins editoriais e não comerciais. Para qualquer outro fim, incluindo o seu uso em capas, é necessário obter uma autorização por escrito do Departamento de Relações Públicas da Mango em press@mango.com.