A MANGO AVANÇA NA DIGITIZAÇÃO DO SERVIÇO DE APOIO AO CLIENTE

A empresa criou um chatbot como assistente virtual do seu site

O objetivo desta iniciativa é apoiar o crescimento do canal on-line e melhorar a experiência do cliente

A Mango avança na digitalização do serviço de apoio ao cliente e lança uma nova funcionalidade no seu site: um chatbot. A nova ferramenta pretende melhorar a experiência do cliente e apoiar o crescimento do canal on-line que, durante o confinamento, somou aproximadamente 900 000 novos clientes.

Jordi Álex Moreno, diretor de sistemas de informação e tecnologia da Mango, destaca que esta nova funcionalidade “permite-nos avançar na estratégia de dotar o nosso ecossistema tecnológico com capacidades cognitivas, focando-nos na transformação dos dados em ações, resultados e numa melhor tomada de decisões. Estamos perante uma evolução da nossa estratégia tecnológica, que transita do mobile first para o AI (artificial intelligence) first.”

O novo assistente virtual está disponível nos 15 principais mercados on-line da marca (e traduzido para 13 idiomas) permitindo que o cliente seja atendido e orientado durante todo o processo de compra on-line a qualquer hora do dia, em qualquer dia do ano e de forma imediata. O utilizador pode usar este novo canal de comunicação para fazer perguntas sobre o processo de compra ou sobre o estado do seu pedido on-line.

De acordo com Guillermo Corominas, diretor do Departamento de Clientes da Mango: “A experiência do cliente é um elemento essencial no nosso processo de transformação digital. Esta nova funcionalidade, baseada nas novas tecnologias, permite-nos melhorar o atendimento ao cliente e a sua experiência de compra, bem como melhorar os nossos níveis de serviço e eficiência no e-commerce.”

Esta iniciativa faz parte do processo de transformação digital em que a empresa está imersa e que já implicou um investimento dequase 150 milhões de euros nas áreas de e-commerce, tecnologia e clientes nos últimos três anos.

A digitalização da Mango

As vendas do e-commerce da Mango, lançado em 2000, representam quase 24% da faturação total do grupo, atingindo 564 milhões de euros em 2019. Esta cifra traduz-se num crescimento de 26,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A empresa, que no início do ano estabeleceu como objetivo que as vendas do canal on-line representassem 30% da faturação em 2020, prevê superar este valor dado o bom desempenho que o e-commerce está a ter.

Todas as fotos publicadas em press.mango.com poderão ser usadas apenas para fins editoriais e não comerciais. Para qualquer outro fim, incluindo o seu uso em capas, é necessário obter uma autorização por escrito do Departamento de Relações Públicas da Mango em press@mango.com.